O 8º Dia Mundial pelo Fim do Especismo teve lugar a 27 de Agosto de 2022!

Numerosos grupos de direitos dos animais em todo o mundo organizaram eventos para destacar a discriminação especista e exigir que os interesses dos animais fossem totalmente protegidos.

WoDES 2022 in pictures

In 2022, 114 organizations organized 109 actions located in 27 countries. This year again, it is a new record of participation!

"Speciesism is irrational" by Projet Méduses

Q&A by Animal Ethics

San Francisco (USA)

Jogja (Indonesia)

Video by Animal Save Movement

Podcast Episode by Comme un poisson dans l'eau

Eventos em 2022

Argentina

Florida | 27/08 Acção de rua por Nuevo Paradigma Liberación Animal

Bélgica

online | 28/08 Acção online por Bite Back België

Brasil

Bello Horizonte | 28/08 Marcha por Nação Vegana Brasil
Rio de Janeiro | 28/08 Manifestação por DxE RJ
São Paulo | 28/08 Manifestação por Vozes em luto

Canadá

Edmonton | 20/08 Marcha por DxE Edmonton
Montréal | 27/08 Vigília por Résistance animale
Moose Jaw | 28/08 Vigília por Regina Pig Save
Toronto | 27/08 Vigília por Animal Save Movement
Winnipeg | 27/08 Manifestação por Manitoba Animal Save

Chili

Santiago | 28/08 Acção de rua por Santiago Animal Save

França

Besançon | 27/08 Degustação por Le CABle
Calais | 21/08 Distribuição de folhetos por Calais Animal Save
Guérande | 27/08 Manifestação por 269 Life France
Marseille | 27/08 Manifestação por 269 Life France
Online | 27/08 Episódio de podcast por Nonbi Radio
online | 28/08 Acção online por Projet Méduses
Paris | 27/08 Acção online por Futur
Paris | 27/08 Marcha por Collectif d'associations
Rennes | 27/08 Acção de rua por Sentience Rennes
Saint-Raphaël | 27/08 Distribuição de folhetos por L214

Alemanha

Berlin | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland
Bremen | 23/08 Manifestação por PETA Deutschland
Frankfurt | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland
Hamburg | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland
Kleve | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland
Köln | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland
Leipzig | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland
Tübingen | 27/08 Manifestação por PETA Deutschland

Índia

Amritsar | 27/08 Acção de rua por PETA India
Bombay | 27/08 Acção de rua por Animal Save Mumbai
Delhi, Bengaluru | 27/08 Street Action por Vegan India Movement
Gonda | 27/08 Conferência por Nature Club Foundation
Lucknow | 27/08 Acção de rua por Lucknow Animal Save

Países Baixos

Den Helder | 27/08 Acção de rua por Animal Save Nederland

Polónia

Portugal

Lisboa | 27/08 Acção de rua por Acção Directa

Espanha

Madrid | 27/08 Cabina de informação por AV Madrid

Suíça

Geneva | 27/08 Political forum (postponed) por Coalition animaliste
Lausanne | 27/08 Acção de rua por PEA

United kingdom

Online | 28/08 Online Action por PETA UK
Online | 28/08 Online Action por Animal Equality UK

Estados Unidos

Encinitas | 27/08 Encontro por Living Vegan in San Diego
Oakland | 27/08 Marcha por DxE SF Bay Area

Reports of the previous editions

Find the reports of the previous editions in photos and videos on the dedicated page.

Os meios de comunicação social estão a falar de nós, descubra a nossa revista de imprensa.

Sexismo, racismo, especismo: das ideologias injustas

Nas nossas sociedades, nosso relacionamento com os animais é baseado no especismo. Em analogia com o racismo e o sexismo, o especismo designa a ideologia que considera que a vida e os interesses dos animais podem ser simplesmente desprezados, porque eles são de uma outra espécie. O especismo é injustificável, pois os humanos não são os únicos a sentirem emoções e, por esta razão, nós devemos respeitar a vida e os interesses dos outros seres sensíveis que compartilham deste planeta.

Todos os seres sensíveis são iguais

Independente das diferenças que possam existir entre as espécies, fica claro que todos os seres sensíveis são iguais, face ao ressentir do sofrimento. Pouco importa nossa «raça», nosso sexo, nossa espécie: o importante é que nos ressentimos, nosso interesse está em não sofrer, não sermos vítimas de violência e continuar uma vida a mais feliz possível. A discriminação fundada sobre a espécie é tão arbitrária quanto qualquer outra discriminação fundada sobre um critério ilógico, uma igualdade manchada de exclusões e de discriminações arbitrárias... Deve-se tê-la por definição a uma desigualdade, uma injustiça.

Por consequência, todos os seres sencientes, pouco importa sua espécie, devem estar incluídos no círculo de consideração moral. Isto não implica em tratá-los de maneira idêntica, mas em, realmente, levar em consideração seus interesses, como se fossem nossos próprios.

Negar a inteligência para negligenciar interesses?

Nossa sociedade não despreza bebês ou pessoas que sofrem de uma deficiência mental, mesmo que pareçam desprovidos de capacidades intelectuais complexas, mas possuem direito a uma das maiores proteções. Com efeito, eles também sofrem, são incapazes de se defender e devem por isso ser protegidos. Do mesmo modo, pouco importando suas faculdades mentais, os animais são seres sensíveis que têm interesse em viver uma vida mais longa e feliz possível e devem por isso ser preservados. Além disso, cada vez mais estudos mostram que temos subestimado, imensamente, as capacidades mentais da maioria dos animais1.

A etologia: os animais são indivíduos completos

Longe da teoria de animal-máquina, os etólogos atuais nos propõem a ver os animais como indivíduos que sentem emoções, possuem preferências, desejos e uma personalidade própria. Sabemos hoje que a auto-consciência, a cultura, o altruísmo ou a capacidade de manipular objetos existem em vários animais.

Uma mudança necessária na sociedade

As injustiças do passado foram abolidas ou reduzidas, como o feudalismo ou o status inferior assinalado às mulheres. Elas, (as injustiças), também foram marcadas na consciência coletiva ao ponto em que as acreditamos eternas. Mas a história mostrou o contrário. Podemos facilmente imaginar que um dia os matadouros serão considerados símbolos de barbárie. Somos cada vez mais numerosos a recusar a injustiça contra os animais, que vem a ser um dos temas de debate mais importantes do nosso século.

O Dia Mundial pelo fim do especismo tem por objetivo denunciar a ideologia injusta, que torna possível esta barbárie.

Nós trabalhamos por um mundo que leva em consideração a vida e os interesses de todos. Este mundo já está a caminho. Trabalhemos todos juntos para que ele chegue logo!


1 Recentemente, o chimpanzé Ayumu quebrou o preconceito segundo o qual os humanos são sempre os mais capacitados mentalmente que outros animais, quando ganhou dos humanos num teste de memoria: https://www.youtube.com/watch?v=zsXP8qeFF6A